Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

Reviews

Amplificador BTA-1 da AAT: qual o segredo dele?

Publicado em 29.09.2023 |
Visualizações
305 visualizações

Já pensou em transformar uma caixa de som num receptor bluetooth para você sonorizar qualquer ambiente? Veja por que o amplificador Bluetooth BTA-1 da AAT é uma ótima opção!

Se você está procurando por um som ambiente pontual de qualidade e por baixo custo, confere essa dica da Audio prime! Hoje você vai aprender um pouco mais sobre as funcionalidades do BTA-1 da AAT, um produto excelente que você vai adorar conhecer.

O que é o BTA-1?

Hoje, a Audio Prime vai realizar um unboxing descomplicado e apresentar o funcionamento do BTA-1 da AAT. Trata-se de um amplificador com receptor Bluetooth para duas ou quatro caixas de som. Ao abrir a caixa, é possível logo ver o receptor Bluetooth e um cabo de força. A instalação é fácil: basta colocar um ponto de tomada – que pode ficar acima do forro, por exemplo –, ligar o aparelho na fonte de energia, alimentar o equipamento e conectar a caixa de som no plugue do receptor.

Recomenda-se que conecte-se duas caixas de som, bastando ligar uma delas no canal L (left) e a outra no canal R (right). Da mesma forma, na conexão com quatro caixas de som, serão duas no canal L e duas no canal R. Importante ressaltar que, se você colocar quatro caixas de som, a impedância vai diminuir, então o som tem a tendência de saturar mais rapidamente.

Assim, é possível que haja um nível maior de distorção, já que a potência será dividida pelas quatro unidades. A Audio Prime fez o teste com quatro e com duas caixas, então nós podemos dizer que funciona bem com ambas as configurações. Ainda assim, entretanto, a nossa indicação é usar com duas caixas apenas, de forma a usufruir melhor da potência do som e ter um nível de distorção mais baixo.

O BTA-1 proporciona conexão em Standby?

Na nossa demonstração, vamos imaginar que o amplificador está posicionado em cima do forro, já ligado na tomada. Ligamos uma das caixas no border que vem com o produto e o deixamos conectado em standby. Uma coisa interessante é que o consumo em standby é praticamente zero enquanto aguarda a conexão do Bluetooth, já que o circuito eletrônico tem uma potência muito baixa.

Por outro lado, o gabinete é bem protegido, com dissipação de calor, por isso não há problema em deixar o amplificador acoplado em cima do forro.

Opinião dos técnicos sobre o produto

Nesse teste foi utilizada uma caixa de som também da AAT do modelo NR6-M100, que é uma caixa de som de 100w RMS. A Audio Prime, inclusive, já fez o review da caixa quadrada (NQ6-M100), que é basicamente a mesma coisa e que você pode ver aqui. Na prática, com todo o conjunto ligado pela primeira vez, a AAT BTA-1 foi rapidamente visualizada no smartphone.

A conexão é bem rápida, através do Bluetooth 4.0 da caixa, que se conecta automaticamente quando a pessoa retorna ao ambiente.

amplificador bta 1 da aat qual o segredo dele

Não há sinal sonoro de conexão, mas a luz piloto que pisca em standby fica estabilizada quando ela é feita. Isso, obviamente, não será visto, já que a ideia é deixar o amplificador escondido por dentro do forro, mas vale a nota de qualquer forma.

Qualidade a baixo custo

Uma das coisas mais interessantes é que com baixo custo é possível sonorizar qualquer ambiente. Pode, por exemplo, ser um local que já haja uma luminária instalada e uma tomada na parede. Um eletricista pode facilmente puxar um ponto de tomada para cima do forro para o equipamento. Assim, com cerca de R$ 1 mil é possível ter uma bela sonorização ambiente, com ótimo acabamento e bom desempenho.

Outro ponto de destaque é que o equipamento pode ter a nomenclatura original renomeada, assim como sua senha trocada. Para isso basta solicitar que a fábrica o forneça já com outra denominação e senha. Isso é muito prático nos casos de instalação em um consultório com duas ou três salas, por exemplo, de forma que uma pessoa não invada o sistema de outra.

Tecnicamente falando, o amplificador tem 30w RMS contínuos ou 60w RMS máximos em 4 ohms e 20w RMS contínuos ou 40w RMS máximos em 8 ohms. O AAT BTA-1 é um equipamento com antena Bluetooth interna, e que, por norma, aceita até 10 metros de distância de recepção. Com isso, é bom lembrar que ele ficará em cima do gesso, então haverá uma pequena perda na recepção, mas é uma ótima opção para colocar em um local com som pontual e ele faz o que promete com baixíssimo custo, bastando um BTA e duas ou quatro caixas de som. 

Se quiser refazer a conexão, basta pedir para a assistente virtual conectar o dispositivo novamente. A partir do momento que o amplificador BTA-1 for desligado ao ser retirado da tomada, o som retorna para a Alexa. Da mesma forma, se ele voltar a ser ligado a conexão é refeita automaticamente. Além do comando por voz, a Alexa também pode ser controlada pelo aplicativo dela mesma. 

A conclusão sobre o Bluetooth do BTA-1 que nós tiramos, é que ele entregou um Over Delivery, mais que o esperado pelos técnicos. A conexão 4.0 foi bem rápida e automática. Vale ressaltar que a AAT por ser uma indústria nacional, se preocupa muito com a qualidade dos produtos. Tem alguma pergunta ou quer saber mais sobre o equipamento? Venha conversar com a gente aqui pelo WhatsApp, nós vamos adorar orientar o seu projeto!