Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

Análises e Comparativos

Soundbar ou Receiver: qual é o melhor?

Publicado em 15.07.2021 |
Visualizações
288 visualizações

Na dúvida entre soundbar ou receiver? Saiba mais sobre os 2 tipos de equipamentos e descubra qual a melhor escolha para o seu caso!

O prazer de assistir filmes em casa aumenta a cada dia com a variedade de streamings e conteúdos. Por outro lado, as telas também ficam cada vez maiores. Mas o som original da TV não acompanha a qualidade da imagem. Para garantir uma reprodução mais próxima à do cinema e aproveitar tecnologias sonoras como o Dolby Atmos é preciso ter uma soundbar ou receiver.

Mas qual deles é o melhor? O mercado audiovisual não para de crescer, com opções variadas de preços, tamanhos e potências. Com isso, é comum ter dúvidas na hora de escolher entre soundbar ou receiver. O ideal é conhecer bem as características de cada para decidir qual o melhor para o seu espaço. Assim, além da melhor performance, também é possível evitar gastos desnecessários com um equipamento que pode acabar sendo subutilizado.

Soundbar ou receiver: em qual investir?

Antes de mais nada, é importante entender que uma soundbar, a barra de som, não é um home theater. Que, por sua vez, é formado por caixas de som, receiver e condicionador de energia. O home theater, portanto, oferece uma qualidade de som superior à da soundbar. O sistema é formado por 5, 6 ou 7 caixas de som espalhadas pelo ambiente. O que, por si só, já garante maior imersão. No entanto, isso não significa que a soundbar não tenha um bom som e, em determinados ambientes e condições, seja uma boa opção.

O que é um receiver?

O receiver é considerado a parte principal do home theater. Sendo o equipamento responsável por decodificar, amplificar e distribuir o som para as caixas. Além do som, o receiver também recebe e decodifica as imagens que vão para a TV. Melhorando sua qualidade de acordo com os codecs disponíveis. O home theater, portanto, é uma combinação de aparelhos.

Além do receiver, hoje o mercado oferece pacotes com 5 a 7 saídas de áudio, e ainda um subwoofer que potencializa os graves. São os sistemas que utilizam receiver 5.1 e 7.1, respectivamente. Independentes, as caixas de som são então espalhadas pela sala de TV. De forma a criar uma experiência em que o usuário se sinta rodeado pelo som.

Já o condicionador de energia filtra as interferências (EMI/RFI) que recebemos em nossa rede elétrica, protege e aumenta a vida útil dos equipamentos. É uma boa prática da instalação de home theater proteger os equipamentos, geralmente mais delicados, com esse acessório protetor de energia elétrica.

Soundbar, o que é?

Já a soundbar é uma barra de som projetada para ser instalada embaixo da TV. Neste espaço compacto estão instalados os alto-falantes e algumas oferecem também um subwoofer independente. No entanto, mesmo com tecnologia de reprodução de áudio em 3D, que dá o efeito surround, a sensação de imersão é inferior a do home theater.

Por isso a soundbar é mais indicada para espaços pequenos, com até 15 m². Alguns fabricantes, como a JBL, usam uma tecnologia que rebate o som nas paredes do ambiente para simular um efeito 5.1 ou 7.1. Dessa forma, há impressão de que o som está se originando em pontos diferentes, apesar de sair apenas da soundbar. Por outro lado, é possível encontrar soundbars com várias saídas de áudio, algumas chegando a ter até 24 microfalantes.

O que é melhor: soundbar ou receiver?

O receiver do home theater sempre vai entregar uma sonorização mais potente e uniforme do que uma soundbar. Ainda assim, apesar de a potência ser um quesito importante, ela deve fazer parte de um contexto.

Quando usar uma soundbar para home theater

Em ambientes pequenos, uma soundbar de qualidade pode preencher o espaço de forma satisfatória. Assim é possível evitar gastos com um receiver que acabará sendo subutilizado. Além disso, a soundbar é bastante prática, fácil de instalar e ocupa pouco espaço. O preço deve ser levado em conta, já que as soundbars são bem mais baratas do que os home theaters.

Quando usar um receiver para home theater

Já um home theater tradicional, com receiver, por ser mais potente e oferecer mais possibilidades de configuração, é a opção ideal para ambientes maiores. O receiver também é indicado para pessoas que não abrem mão de uma ótima qualidade do som e que têm condições de pagar mais e fazer uma instalação mais trabalhosa.

Tipos e marcas de receiver para home theater

O mercado oferece uma gama bastante variada de modelos, como os receivers Yamaha, Pioneer, Onkyo, entre outros.

Tipos e marcas de soundbar para home theater

O mercado de soundbars cresceu bastante nos últimos tempos e hoje há vários modelos de marcas consagradas. A JBL, por exemplo, tem diversas opções. A JBL Bar 2.0 All-In-One Bluetooth é um dos modelos, indicada para quem quer uma instalação simples. Basta um cabo HDMI ARC ou óptico para conectar à TV. Pelo Bluetooth a barra recebe os sinais de qualquer tablet ou smartphone.

Já a Soundbar JBL Bar 2.1 Deep Bass é um modelo intermediário. Com a mesma facilidade de instalação, traz ainda as opções de conexões via cabo USB e AUX, além do Bluetooth. Com 100W de potência, o modelo traz ainda um subwoofer sem fio de 6,5”, Bluetooth e som Dolby Digital e Surround JBL. A Soundbar JBL Bar 5.1 4K Ultra HD com caixas Surround e Subwoofer sem Fio Bivolt é mais completa. Além do subwoofer sem fio de 10” e 3 entradas HDMI, a barra tem como grande diferencial os 2  alto-falantes surround sem fio removíveis, que oferecem 10 horas de reprodução com 218W de potência.

Outras ótimas opções de soundbar Bluetooth são a Yamaha YAS-109 3D Surround Bluetooth Alexa Built-in e a Yamaha YAS-209 com Subwoofer Sem Fio 3D Surround Bluetooth Alexa Built-in. Além de já trazer a assistente digital da Amazon integrada, a bar tem subwoofers duplos embutidos. A soundbar Polk Audio, por sua vez, é uma verdadeira gigante com tamanho reduzido, entregando uma ótima performance. Apesar do design ultra compacto, a Soundbar Polk Audio Magnifi Mini 5.1 com subwoofer sem fio 6,5", Dolby Digital, Bluetooth surpreende com seus 150W de potência total, 6 alto-falantes e o subwoofer sem fio.

Aproveite a consultoria Audio Prime

Para escolher entre soundbar ou receiver, portanto, é preciso definir diversos fatores. Alguns dos principais são o que você espera do home theater, o tamanho da sala de TV e a sua capacidade de investimento. Mas você não precisa ficar em dúvida frente a tantas opções do mercado. Para fazer a escolha mais assertiva, a dica é procurar a orientação de especialistas. A Audio Prime conta com uma consultoria completa para ajudar você a decidir a melhor soundbar, som ambiente para casa ou home theater. Entre em contato com a nossa equipe por WhatsApp e faça o melhor investimento!