Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

Análises e Comparativos

Distância ideal entre caixas de som e TV e quando usar um 5.1 ou 7.1

Publicado em 18.10.2021 |
Visualizações
978 visualizações

Veja como calcular a distância entre caixa de som e TV e descubra quando a sala é mais propícia para um sistema 5.1 ou 7.1!

Para aproveitar ao máximo tudo o que o home theater pode oferecer é preciso ficar atento a alguns detalhes. Uma questão muito importante é o posicionamento de caixas de som e TV. Será que há uma distância padrão?

Vem com a gente que a Audio Prime vai responder a essa e outras dúvidas comuns para ajudar você a ter a melhor experiência possível com seu equipamento.

O que levar em consideração quando estiver montando seu home theater

O primeiro ponto que deve ser considerado são as proporções do ambiente. Para adequar o projeto às boas práticas de posicionamento de caixas de som e TV. Assim, a proporção ideal é 3,5 m de largura x 3 m de profundidade. Na prática, uma sala com 2,73 m x 2,35 m, por exemplo, é menor do que o tamanho ideal, mas está proporcionalmente correta.

Dessa forma, portanto, uma sala quadrada não tem as dimensões recomendadas. Porque foge à proporção de distanciamento entre os equipamentos. Basicamente, o ideal é que haja uma diferença de 15% entre largura e profundidade.

Então existe distância ideal entre caixas de som e TV?

Sim, se levarmos em consideração essas proporções. E não, porque isso não é uma regra rígida, mas uma orientação. Estas informações são as que constam no manual da Dolby, que usamos como referência. E onde a empresa lembra que o correto posicionamento e as proporções são um guia e não uma norma.

Por isso, a ideia é adequar a realidade do seu espaço a estas orientações. Elas têm como objetivo principal melhorar ao máximo a experiência com o home theater.

Quando usar um 5.1 ou 7.1

Aqui, a questão não é entre um e outro, mas na forma como o sistema é feito. Se tiver que economizar no subwoofer para colocar mais duas caixas de som como surround back, é melhor investir no 5.1 bem elaborado. Agora, havendo a possibilidade de fazer um ou outro da forma correta, com bons equipamentos, a configuração da sala pode ser um indicador de qual o melhor sistema.

Quando um home theater 5.1 é indicado

Bom, no caso de haver uma parede atrás do sofá, ela fará uma boa reflexão das caixas surround. Fazendo com que o som chegue no momento certo. E entregando um ótimo resultado com o sistema 5.1.

Qual a distância ideal entre caixas de som e tv e quando usar um 7.1

Já se a sala for comprida e sem parede atrás do sofá, o 7.1 é mais indicado para realçar os efeitos com o surround back. Neste caso, o som que sai do canal frontal circula o espectador, aumentando a imersão.

E quando o assunto são os cabos?

A distância também é importante quando assunto são os cabos. De uma forma geral, quanto mais potência for drenada do receiver ou amplificador, mais grossa deve ser a espessura do cabo. Que também deve aumentar de acordo com a distância de instalação das caixas de som. Assim, até 10 m com 30 ou 40 W você deve usar o cabo de 2 x 1 mm.

Até 25, 30 m, com 60/80 W, use o cabo 2 x 1,5 mm. Já de 60 a 120 ou 150 W, para 35/40 m, use o cabo 2 x 2,5 mm. Agora, é possível usar um cabo 2 x 2,5 mm em uma caixa de som torre a 4 m de distância do receiver, sem problema. Então, a ideia é criar seu próprio setup. Lembrando que quanto maior a bitola do cabo, maior a potência que vai passar.

E mais distante o sinal vai chegar. Aqui na Audio Prime nós padronizamos as instalações de home theater com caixas de som de até 120 W com cabo de 2 x 1,5 mm. Então, usando como exemplo as caixas de som torre, muito provavelmente o surround e Zona 2 serão feitos com cabo 2 x 1,5 mm e as caixas frontais. Que drenam mais potência do receiver, com cabo 2 x 2,5 mm.

Já para sistemas grandes, como em lojas, supermercados e shoppings, usamos cabos 2 x 1,5 mm em até 400 m de cabo. Porém com uma tecnologia diferente de transmissão, que é a linha de 70 V.

Vale a pena descentralizar o home theater para fazer zona 2?

Para interligar as duas zonas descentralizando o home theater e amplificador é preciso passar um cabo blindado da zona principal para o segundo ambiente. No entanto, geralmente a residência não está preparada para a passagem deste cabo. Que costuma ser um Phillips estéreo, emborrachado, um pouco mais grosso que os cabos normais. E, portanto, também mais difícil de trabalhar. Então a dica é manter a centralização dos equipamentos no ambiente principal. E ter cuidado no retorno de áudio da TV, seja via cabo óptico ou transmissor.

Conclusão

Não há uma distância ideal entre caixas de som e TV. Mas uma proporção recomendada que deve ser aplicada de acordo com a realidade de cada sala. Por outro lado, quanto maior for a distância da caixa de som para um outro ambiente, por exemplo, maior deve ser a bitola do cabo. Da mesma forma, há configurações de sala mais favoráveis a sistemas 5.1 (quando há uma parede atrás do sofá) ou 7.1 (em ambientes mais compridos sem essa parede para fazer a reflexão do surround).

Mas, o importante é ter uma configuração bem elaborada, sem abrir mão da qualidade do sistema. Ficou alguma dúvida, quer saber mais? Aproveite a nossa consultoria especializada e fale com nossos técnicos aqui pelo WhatsApp!