Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

Dicas

Jeito certo de fazer o upgrade no seu Home Theater

Publicado em 21.07.2021 |
Visualizações
120 visualizações

Veja como fazer a atualização do seu home theater e confira as dicas da Audio Prime para trocar os equipamentos!

Por mais que você goste do seu equipamento antigo, chega uma hora que não tem jeito: é preciso fazer o upgrade do home theater. Afinal, com tantas tecnologias, não ter acesso a elas é perder muito do conforto e da qualidade nas suas horas de lazer. Mas como melhorar o som do home theater? Será que é melhor começar pelas caixas de som ou pelo receiver? Ou deve trocar tudo de uma só vez? Se essas também são as suas dúvidas, veja por onde começar a atualizar o home theater.

O que é um home theater?

Para compreender a forma de fazer o upgrade do equipamento, é preciso entender o que é um home theater. Basicamente, é um conjunto de aparelhos que devem proporcionar uma experiência sonora de qualidade, de forma imersiva. Para dar a máxima sensação possível de estar em um cinema. Como o sistema geralmente também faz o som ambiente para sala ou som ambiente residencial de forma geral, os aparelhos devem ser escolhidos de acordo com o seu propósito, tamanho do ambiente, etc.

O que é preciso para montar um home theater?

Para montar um sistema é preciso caixas de som, incluindo subwoofer para os graves, um receiver e cabos para home theater. A quantidade de caixas vai variar de acordo com a quantidade de canais do receiver e do número de cômodos sonorizados. O receiver é o ponto central do sistema. É ele que vai codificar todos os dados, amplificar e distribuir som e imagem. O mercado oferece muitos modelos para os mais variados tipos de projetos. Já o condicionador de energia filtra as interferências (EMI/RFI) que recebemos em nossa rede elétrica, protege e aumenta a vida útil dos equipamentos.

Como melhorar o som do home theater?

Para atualizar o setup do home theater, inevitavelmente alguns equipamentos precisarão ser trocados. Um dos motivos é que os modelos mais antigos não têm suporte para as tecnologias atuais. Assim como, muitas vezes, nem entradas e saídas digitais para cabos HDMI ou cabos ópticos, por exemplo. No entanto, se você ainda tem e gosta de usar mídias antigas, como fitas e vídeos cassete e disc laser, a dica é manter o player antigo. Hoje em dia eles são difíceis de encontrar e nem sempre estão em bom estado. Mas existem algumas medidas básicas que podem melhorar a qualidade do home theater. Reposicionar os equipamentos é uma delas.

As caixas de som, por exemplo, devem ficar voltadas para dentro, na direção do espectador. Isso melhora a qualidade do estéreo e a sensação de definição dos canais. Elas também devem ficar a cerca de 30 cm da parede traseira e a cerca de 1 m das paredes laterais. Posicioná-las muito próximas à alvenaria reforça a produção dos graves, mas também prejudica a sua agilidade e precisão.

Então mantenha o distanciamento. Limpar as tomadas principais com um produto específico otimiza a fonte de energia. Por outro lado, manter os equipamentos ligados a um disjuntor exclusivo evita interferência de outros eletrodomésticos, como a geladeira, por exemplo. Remover as telas das caixas de som do home theater elimina uma barreira para o som. Entretanto, como são uma proteção dos alto-falantes contra poeira e acidentes, a dica é tirar apenas na hora de usar.

Upgrade do home theater: principais dicas de por onde começar

De qualquer forma, um upgrade pressupõe a troca de alguns aparelhos. Afinal, tudo tem uma vida útil. E aproveitar as novas tecnologias é sinônimo de conforto e qualidade do home theater. Mas, por onde começar?

Caixas de som frontais

Para a Audio Prime, as caixas de som frontais (L, C e R) são as primeiras da lista. Se o seu sistema tiver caixas de som do tipo torre ou bookshelf e ficar pesado trocar as três ao mesmo tempo, a dica é trocar primeiro as laterais (L e R) e a central em um segundo momento. Já se o upgrade significar a troca desses modelos por caixas de embutir, então as três (L, C e R) devem ser substituídas ao mesmo tempo.

Subwoofer

O subwoofer deve ser o segundo item trocado na atualização do home theater. Aqui na Audio Prime sempre dizemos que o subwoofer tem praticamente o poder de “consertar” um setup ruim. Pense então qual a sua preferência de graves: mais seco, mais profundo? Use essa informação para escolher seu novo subwoofer.

Receiver

Agora sim, em um terceiro momento, é a hora de trocar o receiver. Os novos modelos têm codecs atualizados, processamento 4K ou até mesmo 8K, e vários aplicativos que facilitam o uso do home theater. Portanto, nesse upgrade do home theater, o receiver é o item mais caro e o mais importante do sistema audiovisual, mas oferece muitas vantagens.

Hoje os equipamentos entregam muito mais integração. E há uma grande diferença na qualidade do processamento de vídeo e de áudio. Mas atenção, porque, por outro lado, as funções de amplificação dos receivers antigos se mantêm preservadas. Então olha esse exemplo de dica da Audio Prime: Se você comprou uma TV último modelo e um PlayStation 5 e quer aproveitar o receiver antigo, vai perder muita qualidade se ligar o PS direto no receiver.

A dica é ligar o PS5 na TV e a saída óptica de áudio da TV no receiver antigo. Desde que o aparelho tenha a saída óptica, claro. Porém, é bom deixar claro que mesmo assim haverá uma perda de qualidade do som em comparação a um receiver moderno. Isso acontece porque há uma  limitação na passagem da banda pelo cabo, ficando abaixo da capacidade de áudio do PS5.

Conclusão

Na hora de atualizar o home theater, analise o ambiente, defina seus novos objetivos e combine equipamentos corretamente, de acordo com estes parâmetros. Aqui, a Audio Prime procurou fazer uma “escalada” na troca dos equipamentos, mas tudo vai depender do que você já tem em casa. Se as caixas de som estão ótimas, pule a primeira etapa indo diretamente para o subwoofer, por exemplo.

Mas se ele também é um aparelho que está entregando o que você quer, troque então o receiver. Lembre-se, também, que os receivers, mesmo os antigos, têm alto valor agregado. Você pode aproveitar em ambientes secundários, em uma casa de veraneio ou ainda vender em um canal de comercialização de usados. Ficou alguma dúvida, quer uma orientação personalizada? Fale com nossos especialistas que nós vamos ajudar você a encontrar o home theater perfeito!