Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

Dicas

Como garantir a proteção dos equipamentos eletrônicos?

Publicado em 27.09.2022 |
Visualizações
373 visualizações

Hoje vamos falar sobre um assunto polêmico: o nobreak e o condicionador de energia garantem a proteção dos equipamentos eletrônicos?

A resposta é sim e não. Calma, nós te explicamos isso com mais detalhes! Precisamos ressaltar que os nobreaks não foram projetados para proteger os seus equipamentos de som. É isso mesmo! A função principal de um nobreak é a autonomia após a queda de energia (tempo limitado até o limite que a sua bateria suportar), e regular a tensão elétrica e a pureza da energia.

Nós não recomendamos utilizá-lo para fins de proteção. Apesar de muitos locais apontarem os nobreaks como grandes protetores de eletrônicos, precisamos analisar que tanto os nobreaks quanto os estabilizadores não possuem proteção elétrica de surtos de tensão necessária. Mas a boa notícia é que podemos contar com o condicionador de energia. Veja abaixo tudo o que você precisa saber sobre esse equipamento que vai contribuir com a proteção dos equipamentos eletrônicos.

Para que serve um condicionador de energia?

O condicionador de energia é bastante utilizado para proteger aqueles equipamentos que possuem um alto valor agregado — Home Theater, computadores, máquinas etc. — da própria energia elétrica. Mas por que proteger um equipamento elétrico da eletricidade? A nossa energia não é 100% limpa. Nela possuem muitos ruídos e sujeiras que podem prejudicar os componentes eletrônicos.

Como o próprio nome sugere, o condicionador de energia, condiciona uma melhor qualidade de energia para os equipamentos ligados a ele, realizando uma espécie de filtragem. Além disso, o condicionador traz mais segurança em relação a intempéries (interferências ou condições climáticas como trovoadas, ventos e etc). Consequentemente, esses cuidados “extras” prolongam a vida útil dos seus equipamentos eletrônicos.

Então eu não posso usar o nobreak no meu sistema de Home Theater?

Pode. Porém, você deve conhecer quais são as funcionalidades desse aparelho. Como vimos anteriormente, o nobreak é um equipamento projetado para a falta de energia. Ele também é bastante utilizado como conversor e não é um dispositivo que protege da variação elétrica. Se você quer ter uma autonomia aliada a proteção é possível conectar o nobreak atrás do condicionador de energia, assim você garante a proteção do nobreak e do seu sistema de som (que também deve estar conectado ao condicionador).

Muitas empresas e residências fazem isso para manter a automação e internet ligadas e protegidas com a queda de energia.

Resumindo: Diferença de um nobreak e um condicionador de energia

Nobreak: fonte ininterrupta que auxilia na autonomia do eletrônico e no condicionamento da energia. Condicionador de energia: filtra e condiciona a energia até o eletrônico e proporciona proteção de intempéries.

E como funciona o condicionador de energia?

A convite da Audio Prime, o engenheiro Marcelo da Engeblu, nos explica na prática como acontece o funcionamento do condicionador de energia e como realizar a sua instalação. O especialista demonstra por meio do seu mini-laboratório como toda essa “mágica” acontece. Os testes foram realizados com o Condicionador FP1900-CX e com o Varivolt (equipamento que simula a rede elétrica: por exemplo, um poste de energia elétrica). Confira na íntegra como foi:

Como escolher um condicionador de energia?

Como todo equipamento, o condicionador de energia precisa ser adequado com a sua necessidade, é por isso que a escolha adequada da potência é uma etapa fundamental, garantindo um bom funcionamento sem que gere algum tipo de sobrecarga. Confira alguns cuidados:

1º Atenção à potência O primeiro passo é analisar a potência de todos os equipamentos que serão ligados a ele, como vimos anteriormente, podem ser televisores, receivers, caixas de som etc. Assim, você poderá escolher um equipamento com potência adequada para suportar todos os seus eletrônicos.

2º Complete o ciclo Atenção aos equipamentos elétricos que devem obrigatoriamente estar com a mesma referência de fase e terra dentro do condicionador. Chamamos esse processo de “bolha”. Ele garante que todos os equipamentos recebam essa energia filtrada. Para ilustrar melhor essa ideia, imagine que todo seu equipamento de Home Theater esteja conectado ao condicionador, mas sua televisão não, um raio pode entrar no circuito e por meio do HDMI (conexão por cabo metálico) pode queimar os equipamentos. Então é importante fecharmos esse ciclo/bolha para garantir a proteção de todos os equipamentos.

3º Adaptadores NÃO são bem-vindos para garantir a proteção dos seus aparelhos eletrônicos Evite o uso de réguas, extensões ou T’s (benjamins), para ligar o equipamento na tomada. Se ocorrer a ligação de outros equipamentos que não estão dimensionados no seu projeto, pode ocorrer uma sobrecarga, visto que estes adaptadores não são feitos para resistir às variações como o condicionador de energia.

4º Aterramento É importante que o aterramento da casa esteja ligado e devidamente testado no condicionador de energia que vai absorver e dispersar a energia ruim por lá. Atualmente, nas construções estão sendo utilizadas as tomadas comuns com 3 pinos que servem perfeitamente para esta questão.

Porém, a ligação sem o terra é possível, pois a variação de tensão irá ocorrer em fase neutra, mas como nem tudo são flores, dessa maneira o equipamento não cumpre com as proteções do fase para terra e fase para neutro. Ou seja, o equipamento perde um pouco do seu desempenho e proteção total. Nas demais proteções e filtragem, permanece tudo igual.

5º Régua de proteção x condicionador Em alguns casos, a régua de proteção é utilizada para substituir o condicionador de energia, porém, essa ação não é recomendada pois a régua possui somente um dos componentes que possui dentro de um condicionador de energia. A régua é muito específica para surtos de tensão, já o condicionador de energia, além da proteção contra estes surtos, promove uma proteção de sobretensão e subtensão, que são um dos maiores responsáveis pela queima dos equipamentos.

E na ausência do condicionador de energia, como posso proteger meus eletrônicos?

A não proteção de cabos coaxiais e antenas pode resultar na queima dos equipamentos eletrônicos. Esses cabos que vem dos postes ficam próximos das redes elétricas, onde nem sempre há um padrão de organização, e faz com que os cabos tenham resquícios de tensão excedentes, podendo estragar os eletrônicos ou causando algum choque. Já vimos que nessa questão o condicionador de energia será nosso “melhor amigo”.

Mas e na falta de um condicionador, existe uma maneira de proteger os eletrônicos? Existem 2 dispositivos que podem auxiliar nessa etapa, estamos falando do Cable Protect, que é um protetor para os cabos coaxiais projetado para TV's a cabo, isolando a tensão para a parte de fora. 

como garantir a protecao dos equipamentos eletronicos

Já para as antenas temos o Antenna Protect que irá proteger as antenas DTH, parabólicas e etc (lembra da SKY?).

como garantir a protecao dos equipamentos eletronicos 2

Vale lembrar que são dispositivos com tensão de trabalho diferentes, então cada um deve ser utilizado para seu devido fim. Nada de usar protetor de cabo coaxial em antena ou vice-e-versa, ok? Há também a opção de quadros de energia com proteção DPS e dispositivo DPS classe 3 na tomada dos equipamentos. Exemplo: Iclamper. Na dúvida o melhor a se fazer é conversar com os especialistas nesse tipo de equipamento, entre em contato com os mestres da Audio Prime e garanta a segurança dos seus equipamentos eletrônicos.